Qual a diferença entre picking e packing?


Apesar da importância desses dois processos na logística de uma campanha, muitas pessoas não sabem o significado de picking e packing. Isso possibilita o descontrole na organização dos produtos/itens de sua campanha causando gargalos na produção.

Se você é uma dessas pessoas, continue lendo a matéria e descubra as diferenças entre esses dois processos e garanta o sucesso do seu negócio!

 

O que é picking?

Resumidamente, o processo de picking é a separação dos produtos que serão encaminhados para atender a um pedido. Geralmente, essa fase se inicia no estoque da empresa.

Pelo fato de envolver muita mão de obra e influenciar no tempo de finalização do ciclo do pedido, o picking é considerado um dos processos mais críticos e importantes da logística de uma campanha.

 

Quais são os principais tipos de picking?

- Discreto

Processo onde o pedido é atendido um de cada vez pelo mesmo profissional do início ao fim. Nesse processo, cada colaborador envolvido executa o processo do início ao fim em um pedido de cada vez.

 

- Zona

Como o nome sugere, o processo é dividido em zonas, onde cada profissional da separação (ou do setor de separação) atende uma unidade de manutenção de estoque (SKU), ou seja, um tipo de SKU.

 

- Lote

Nesse processo, várias unidades de manutenção de estoque (SKU) formam um lote. Assim, cada profissional atende um lote com vários SKUs distintos.

 

- Por onda

Esse processo cada profissional atende apenas um SKU, mas com um intervalo de tempo pré-determinado, minimizando o acúmulo de tarefas na expedição.

 

O que é packing?

É o processo de unitização dos itens, separados no processo anterior de picking, consolidando-os em um único SKU de expedição.

O processo de packing pode ser utilizado com estratégia de marketing para o negócio, já que ao investir em embalagens diferentes, criativas e personalizadas, você fideliza seus clientes, fazendo com que eles voltem a comprar na sua empresa.

 

Tipos de packing

- Enchimento solto

Em uma caixa maior, o produto é colocado junto com materiais soltos como espuma, isopor e papel.

Esse tipo de packing é fundamental para os produtos frágeis não quebrarem durante o processo de logística e entrega.

 

- Calçamento e Escoramento

Um material resistente é utilizado para reforçar a caixa com o intuito de proteger o produto.

 

- Envolvimento

O produto é envolto por materiais protetores como plástico bolha e embalagem inflável.

 

- Revestimento moldado

Nesse processo, o revestimento é personalizado de acordo com o formato do produto.

 

Como aperfeiçoar a performance do picking e packing?

A melhor forma de aperfeiçoar a performance do picking e packing é integrar as plataformas de serviço e utilizar métricas de desempenho a fim de avaliar o andamento dos processos.

Um exemplo de métrica bastante utilizada é a de tempo, que mensura o período em que o pedido fica na fila para ser despachado. Com os resultados da avaliação, você pode ver o que precisa ser melhorado e mudado.

Agora que você sabe as diferenças entre picking e packing e como aperfeiçoar a performance dos dois, entre em contato com os especialistas da Squadra Brasil e alavanque suas vendas e fidelize seus clientes com nossos serviços!